Colaboradores da Escudo começam a ser vacinados nesta terça-feira

Nesta terça-feira (01/06), os colaboradores da Construtora Escudo começaram a ser vacinados com a 1ª dose da vacina contra a Covid-19. A iniciativa se tornou possível depois que os trabalhadores da construção civil no Maranhão foram incluídos no grupo prioritário no Plano Nacional de Imunização (PNI), conforme anúncio feito pelo governo do Maranhão na última quarta-feira (26/05).

A ação é uma parceria do Sesi-MA com a Secretaria de Estado da Saúde que viabilizou uma unidade móvel do Sesi para fazer a triagem e iniciar a aplicação dos imunizantes nos colaboradores da Escudo, que atuam na obra do Millennium Corporate Tower (na Avenida dos Holandeses). Nos próximos dias, outros colaboradores da Escudo também receberão a 1ª dose da vacina. Em simultâneo, a Escudo intensifica sua campanha interna para que as medidas de prevenção à Covid-19 sejam mantidas por todos os colaboradores.

A expectativa para esse momento era grande, bem como o alívio em receber a 1ª dose do imunizante, conforme relata o bombeiro hidráulico Antônio Jailton Nogueira Sampaio, 37 anos. “A gente ver todos os dias as pessoas morrendo por aí dessa doença. Pra gente da construção civil é uma satisfação muito grande chegar a nossa vez de vacinar, porque temos contato no dia a dia com as pessoas. No meu caso que trabalho na manutenção e diretamente, com os moradores, então agora com a vacina ficará muito melhor para evitar os casos que estão acontecendo aí”.

Consciente do seu papel individual no combate coletivo à Covid-19, Antonio garante que não vai baixar a guarda e continuará adotando as medidas protetivas tanto no ambiente de trabalho, quanto em casa. “Até hoje eu não tive Covid. E continuarei tirando o calçado para entrar em casa, tomar logo meu banho e higienizando as mãos constantemente com água, sabão e álcool em gel. Acredito que cada um deva se proteger, fazer sua parte, para a gente se sentir mais seguro”, acrescenta Sampaio.

O reforço constante das medidas protetivas é um assunto semanal nas obras, segundo o técnico de segurança Janilson Serra, 33 anos. “Distanciamento social, higienização das mãos, uso constante de máscara é o assunto foco toda segunda-feira nas DSS nas obras. E levamos isso pro dia a dia, não é uma prática somente da obra.”

Apesar das medidas preventivas que adota em casa e no trabalho, o técnico descreve a importância da inclusão dos trabalhadores na lista de prioridades do PNI. “Perdi para a Covid uma prima grávida e recentemente, um colega de 34 anos. É muito gratificante que a vacina chegue para gente da construção civil porque já perdemos muita gente, amigos, familiares. O que gostaria é que o Maranhão e o Brasil todo fossem logo vacinados para acabar com essa pandemia”.